Ativistas angolanos saem do calabouço em clima de festa

0
229

Depois de muitos apelos da comunidade internacional e de algumas organizações não governamentais angolanas, o governo Angolano finalmente cedeu e libertou os ativistas angolanos condenados em março alegadamente por atos preparatórios para uma rebelião e associação de malfeitores foram.

Segundo avançou a imprensa angolana, os ativistas foram liberados ontem, quarta-feira (29), do Hospital-Prisão de São Paulo, em Luanda, depois da ordem de libertação emitida pelo Tribunal Supremo.

Os ativistas foram recebidos no exterior do estabelecimento prisional em clima de festa, num momento em que amigos e familiares aproveitaram para os abraçar e gritar invocando `liberdade`.

A saída foi acompanhada pelos três advogados de defesa, Miguel Francisco `Michel`, David Mendes e Luís Nascimento, autores do `habeas corpus` que pediu a libertação por prisão ilegal.

SHARE