Companhia aérea holandesa vai começar a vender cerveja a bordo

0
427

Uma companhia aérea holandesa KLM vai começar a vender cerveja à pressão a bordo.

A empresa fez uma parceria com a prestigiada cervejeira Heineken, para juntas desenvolverem um barril que funcionasse a grande altitude.

“Porque a pressão dentro de um avião é muito inferior à sentida ao nível do mar, uma torneira de cerveja tradicional não ia funcionar e iria deitar apenas espuma”, explica Edwin Griffioen, da Heineken, ao Daily Express.

companhia aérea instala barril de cerveja

A invenção implicou ainda outros desafios e modificações: os cartuchos de dióxido de carbono usados habitualmente (e que são proibidos em aviões) e o sistema de refrigeração da bebida, que acabou por ser posto de lado, pelo menos para já.

“Era como um puzzle demasiado grande, por isso tivemos que cortar nas peças”, explica o porta-voz da empresa de cerveja, ao mesmo tempo que assegura que a cerveja vai estar sempre a menos de cinco graus negativos e igual a qualquer outra que beberia com os pés na terra, “porque a tecnologia funciona como um termo gigante”.

Inicialmente, a KLM queria que a cerveja à pressão começasse a ser vendida no início deste mês, mas só em agosto deverá poder saborear um copo de cerveja a bordo dos aviões da KLM.

SHARE