Assassinatos e extração de órgãos humanos parece estarem longe do fim na nossa pérola do índico. Quatro indivíduos estão a ver o sol nascer aos quadradinhos na província