Apesar de alguns países do Continente Africano estarem a ter grandes problemas devido a queda (livre) do preço do petróleo, um país “pobre” decidiu mostrar qual é o caminho