Homens armados da Renamo voltaram a fazer das suas na região centro do nosso solo pátrio, mas precisamente na província de Tete. Segundo avançou a Polícia da República